• Sede Buritis: (31) 3047-3010 | Sede Pampulha: (31) 3291-2959 | Escritório São Paulo: (11) 3589-1296

Goulart recorre a consultoria para fazer estudo de impostos
e viabilidade financeira na China

Goulart recorre a consultoria para fazer estudo de impostos <br /> e viabilidade financeira na China

Goulart recorre a consultoria para fazer estudo de impostos
e viabilidade financeira na China

Outros três jogadores do Cruzeiro aderiram à prática de planejar o futuro e investir em patrimônio, em vez de gastar de maneira desregrada como é comum no futebol.

Não é novidade que o Guangzhou Evergrande fez uma proposta tentadora financeiramente para levar Ricardo Goulart, ex-Cruzeiro. Para alguns jornalistas e torcedores, o atleta fez a escolha errada ao pensar somente no dinheiro, pois o futebol chinês tem pouca visibilidade no resto do mundo, e os jogadores nem sempre investem seus salários em negócios rentáveis. Ao contrário, muitos gastam com carros importados e roupas de grife.

Mas, Goulart não se seduziu cegamente pelas altas cifras. Antes de aceitar a proposta, ele recorreu a uma empresa de consultoria financeira para fazer um estudo sobre os impostos no país asiático e a rentabilidade do dinheiro.

O consultor Marcelo Claudino e o advogado José Vinícius Bicalho foram os responsáveis por orientar Ricardo Goulart. Eles fizeram um estudo de viabilidade financeira, sobre imposto de renda, e montaram um planejamento de investimentos e patrimonial para o atleta.

”No planejamento do jogador, buscamos uma maior rentabilidade, levando em consideração as consequências jurídicas, contábeis e fiscais. Dessa forma, ele pode obter ganhos duradouros com riscos minimizados”, garantiu Marcelo Claudino, que vende a ideia de um futuro com mais conforto para conquistar outros clientes no mundo do futebol.

”Partimos dos exemplos da NBA e da NFL nos Estados Unidos, onde 68% dos atletas entram em falência em menos de dois anos depois de encerrarem a carreira. Nossa metodologia parte da educação financeira como base. Por isso, nossos clientes sabem perfeitamente o que estão fazendo quando implementam as ações que sugerimos”, explicou o consultor.

Responsável por indicar o serviço ao amigo e ex-vizinho Goulart, Everton Ribeiro também é adepto da prática. O craque das últimas duas edições do Campeonato Brasileiro explica que prefere construir um patrimônio próprio a gastar os salários de forma desregrada.

“Às vezes não temos tempo para planejar algumas coisas e não temos conhecimento sobre o assunto. Os consultores nos mostram qual é a melhor maneira de obter um rendimento maior e nos dão toda tranquilidade de que vamos escolher sempre o melhor investimento possível”, justificou Everton Ribeiro.

No Cruzeiro, o volante Henrique e o zagueiro Leo também aderiram à cosultoria para planejar o futuro. “Esse trabalho engloba questões contábeis, tributárias e financeiras. Os profissionais nos ensinam muitas coisas sobre esses assuntos. Isso nos dá um respaldo grande em aplicações e até em assuntos pessoais”, elogiou Leo.

 

Fonte: Super Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *